© 2019  FLY EDUCAÇÃO E CULTURA.

  • Facebook Basic Black
  • Black Instagram Icon
  • Black LinkedIn Icon

October 11, 2019

Please reload

Posts Recentes

Líderes empáticos: por que o futuro é deles?

September 18, 2019

1/8
Please reload

Posts Em Destaque

Onde está o meu valor?

May 14, 2019

 

Temos o terrível hábito de colocar nosso valor nas nossas conquistas: “passei no vestibular”, “consegui o emprego que queria”, “comprei uma casa” etc. E o que acontece com o nosso valor pessoal quando falhamos? Começamos a nos definir pelo nosso insucesso: “já é meu quarto ano de cursinho! Nunca vou entrar na faculdade!”, “estou há meses procurando um emprego melhor e não consigo” etc. É preciso ressignificar o insucesso! Muitas vezes não chegamos onde queríamos mas isso não quer dizer que não chegamos a lugar algum. “Eu não falhei. Encontrei 10000 maneiras que não funcionam” disse Thomas Edison sobre a dificuldade que ele encontrou para desenvolver a lâmpada. Essa é uma forma de lidar com o insucesso sem que o “não cheguei lá” tem impeça de continuar atrás dos seus sonhos.

Sabemos que as coisas não vão sair sempre como planejamos e é importante estar preparado para lidar com isso: não há como evitar “fracassos”. Para Petra Cortright, o sucesso é viver com o mínimo de dor possível; portanto, se haverá dor, como posso minimizá-la? E como não me esquecer de quem eu sou durante esse processo?

 

Como diria Tyler Durden “você não é o seu emprego. Você não é o quanto de dinheiro você tem no banco. Você não é o carro que dirige. Você não é as calças que veste.” Você não é o seu insucesso nem o seu sucesso. No entanto, você tem uma mensagem: saiba qual é a sua e compartilhe-a. Descubra quem você é, o que você quer, o que te motiva e correlacione. Conecte-se ao seu propósito. Em tudo isso (não no seu insucesso mas no que te faz buscar o sucesso) reside o seu valor.

 

Não se compare ao outros: cada um tem seu tempo. Tem quem com 30 acabou de descobrir o que quer; tem quem com 22 já sabe e já começou a fazer; tem quem sabe o que quer mas ainda não começou a executar; tem quem já tem tudo planejado mas não tem coragem ainda… há tempo para todos os tempos. Respeite o seu próprio tempo: caminhe na velocidade que você precisar, mas nunca deixe de ir pra frente.

 

 

Lembre-se que o fracasso é um evento, e não uma pessoa (William Brown)

 

 

 

Voos da semana - para se aprofundar no tema:

  1. Muitos aprendizados podem vir a partir do fracasso, saiba quais aqui.

  2. Crianças e adolescentes também se frustram! Você está preparado para ajudá-los? Clique aqui.

  3. Mais dicas de como lidar com o fracasso aqui.

  4. TEDx sobre como ter uma visão mais otimista sobre o mundo ative a legenda do YouTube para  idioma desejado, clique aqui.