A escola do presente está olhando para as profissões do futuro?

December 4, 2019

O tempo passa, nossas necessidades mudam e com isso a sociedade vem se mostrando cada vez mais conscientizada, humanizada e disposta à discussões de possibilidades de novas formas de viver em grupo. 

No passado, as profissões eram mais baseadas na produção em série, com atividades que eram mais concentradas nas puras repetições de movimentos e processos. 

E com as mudanças da sociedade, você está de olho para as profissões do futuro que já estão dando o que falar no futuro? Você tem se atualizado sobre as tendências para a nossa sociedade futura? 

 

Atualmente muitos processos foram automatizados dentro das profissões do passado, e não tem mais pessoas trabalhando neles, como por exemplo, em praças de pedágios, postos de gasolina, cobradores de ônibus e muito mais.

As profissões do futuro estão surgindo das áreas mais tecnológicas, e das áreas de cuidado pessoal, buscando alimentação consciente, melhoria da qualidade de vida, visando questões internas a serem trabalhadas, como as próprias competências socioemocionais que a Fly Educação trabalha nas escolas atualmente. 

 

Boa parte das tendências de profissões do futuro envolve o contato pessoal, a troca entre pessoas, as conexões criadas através de momentos do passado, e tudo isso que traga de volta a um lugar que nos faça chegar ao aconchego, acolhimento, pertencimento, buscando o distanciamento da correria do dia a dia.

 

Dentro disso, muitas profissões como Especialista em Diversidade ou Criador de Sentidos, que estão super em alta e prezam o lado socioemocional, aprendem a lidar e a incluem no dia a dia, diversas competências como a empatia, o design thinking, future thinking, aprendendo a desenvolver soluções de projetos de empreendedorismo conectando experiências de vida e competências digitais, percebendo as necessidades do coletivo.

 

Pensando em formar alunos para a vida, a Fly Educação já está ajudando a expandir a consciência desses alunos para as novas formas de trabalho que estão chegando por ai, e é ai que entra a importância das competências socioemocionais nas profissões do futuro, e a Fly já está se adiantando a isso com o Projeto Semente que é aplicado nas escolas estaduais da Brasilândia. 

 

Mas caso você seja professor, empreendedor ou um simples amante da educação, você pode contratar um treinamento personalizado da Fly para os alunos de sua escola ou para os colaboradores de sua empresa, visando readaptar todas as ultrapassadas formas de comunicar e fazendo com que esse contato seja mais humano e empático.  

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Líderes empáticos: por que o futuro é deles?

September 18, 2019

1/8
Please reload

Posts Recentes

October 11, 2019